DICAS PARA QUE OS SEUS ANIMAIS TENHAM UM FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO

Infelizmente, durante esta época do ano, ocorre um crescente número de incidentes com os cães e gatos, mas evitá-los é fácil, bastando agir com os devidos cuidados. Leia as dicas que a Animalmed preparou para si e tenha um Natal sem preocupações junto do seu amigo de quatro patas….

A melhor forma de garantir ao seu animal de estimação um feliz Natal e um próspero ano novo, é mantê-lo longe das festas e na sua rotina alimentar.

O costume de oferecer os restos da mesa ou a tentação do animal roubar algumas guloseimas, pode resultar em sérios problemas de saúde e até levá-lo à morte. Espinhas de bacalhau, ossos de peru, de leitão, de carneiro e caroços de frutas, especialmente das ameixas secas, podem causar obstruções ou perfurações no intestino. Outro descuido sério é permitir a ingestão de bebidas alcoólicas. Uma pequena quantidade de cerveja, por exemplo, em muitos casos é suficiente para causar coma e morte rápida.

A chegada dos convidados para a festa pode alterar o comportamento do animal, podendo mesmo os mais dóceis tornar-se agressivos diante de pessoas estranhas ao seu convívio. É aconselhável que ele fique num lugar tranquilo e que possa ter acesso ao seu esconderijo, quando os festejos começarem.

Para quem deseja oferecer um cachorrinho pelo Natal, lembramos que é muito importante consultar o futuro proprietário e saber se ele deseja realmente ter, cuidar e responsabilizar-se pelo animal.

Entre os cães existem inúmeras raças, cada uma delas com características particulares, devendo estas ser bem ponderadas na hora da aquisição. Alguns adaptam-se melhor às pessoas activas e outras são excelentes como cães de companhia. A compra impulsiva de animais nesta época do ano e o desconhecimento das necessidades reais de cada raça, resultam no aumento do número de animais abandonados ou sujeitos a enormes sofrimentos.

Jamais entregue o filhote durante a confusão da troca de presentes na festa, pois isto poderá gerar muita curiosidade nas pessoas presentes e um enorme pânico no indefeso animal.

Outro aspecto a ter em atenção são as decorações de Natal: Deixe os enfeites e luzes fora do alcance dos animais. Os cachorrinhos adoram brincar com as bolas, fitas e com as luzes da árvore de Natal e podem ingerir corpos estranhos ou mesmo acabarm electrocutados ao roer as iluminações de Natal. Outro perigo à espreita nesta altura do ano são as bagas vermelhas do azevinho, altamente venenosas se ingeridas.

Na passagem do ano, é comum o lançamento de foguetes. O barulho pode assustar alguns animais ou magoá-los, na correria por causa do medo. Muitos ficam tão desesperados que fogem. Há ainda casos de animais que tremem de medo, o que pode desencadear convulsões e ataques em cães epilépticos. Para ultrapassar este problema poderá usar calmantes (apenas os indicados pelo seu médico veterinário) no caso dos cães e gatos mais nervosos. Felizmente existem actualmente produtos excelentes e que não possuem efeitos secundários, podendo dar uma ajuda preciosa nestes dias de maior agitação. Informe-se junto da Animalmed da solução que mais se adapta ao seu animal.

A melhor maneira de ajudar o seu amigo nesta época festiva, é deixá-lo por perto para que ele se sinta mais confiante e protegido, mas respeitando sempre o seu espaço, deixando-o ficar no seu cantinho nos momentos de confusão, se assim for o seu desejo. Ele não precisa de muita gente à sua volta para se sentir feliz, mas de um dono consciente que saiba garantir a sua segurança e dar-lhe muito carinho.

Um feliz Natal e um 2013 com muita saúde para todos!

 

gato-natal