Identificação Electrónica

A identificação eletrónica consiste na aplicação de um microchip, capaz de ligar os dados do detentor do animal à base de dados do SIRA (Sistema de Identificação e Recuperação Animal).

Através da deteção do número de microchip com um aparelho de leitura próprio, é possível apurar qual o detentor do animal, o que facilita a recuperação de animais quando se perdem.

A sua aplicação é um processo rápido e quase indolor. Neste momento é obrigatória a identificação com microchip exclusivamente para todos os cães nascidos depois de Julho de 2008, que devem ser identificados a partir dos 3 meses.

IDENTIFICAÇÃO ELECTRÓNICA